Subscribe:

Ads 468x60px

20 de junho de 2011

GERAIS

A importância da medicina e segurança de trabalho para as empresas

Carlos Eduardo Machado
Formado em Administração de Empresas pela Universidade do Estado de Mato Grosso e Técnico em Segurança do Trabalho, Carlos Eduardo Machado, 29 anos, está desenvolvendo excelente trabalho em sua área no município deTangará da Serra. Com escritório instalado na Policlínica Tangará, localizada à Rua 7, 354W, centro da cidade, ele presta assessoria em segurança e medicina do trabalho. Já atuou como técnico de segurança em indústrias da contrução civil e de alimentos e universidade.

Carlos Eduardo destaca que o tema apesar de parecer novo para a maioria das pessoas, não o é de fato. Segundo ele, a informação mais antiga sobre a preocupação com a segurança do trabalho está registrada num documento egípcio. O papiro Anastacius V fala da preservação da saúde e da vida do trabalhador e descreve as condições de trabalho de um pedreiro. Desde então a segurança do trabalho passou por uma grande evolução tanto mundial como no Brasil, hoje com 34 Normas regulamentadas pela CLT.

O técnico frisa ainda que a grande quantidade de registros de acidentes de trabalho custam aos cofres públicos do Brasil, R$ 42 bilhões por ano, o que representa 1,8% do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro. “Sendo assim o acidente de trabalho gera custos a todos e ainda sem contar o sofrimento humano ao acidentado e seus familiares que não pode ser mensurado” observa Carlos.

O trabalho deste profissional tem o objetivo de levantar todos os riscos ocupacionais existentes numa empresa avaliando-os de forma qualitativa e quantitativa, reconhecento seus possiveis efeitos à saúde e segurança do trabalhador, ao mesmo tempo propondo medidas para eliminar, neutralizar ou minimizar os riscos indentificados no ambiente de trabalho. Sua preocupação é de garantir a qualidade em um todo da empresa.

Está mais que compreensível na atualidade que o trabalho desse profissional numa empresa, coloca-a em melhores condições de competir no mercado e crescer economicamento. Não dá mais para uma empresa descartar o trabalho preventivo. A segurança do trabalho está muito mais além do que usar EPI’s e atender a legislação. Sua consolidação depende da consientização de toda a sociedade.

1 comentários:

Equipe disse...

Parabéns pela entrevista, é um assunto muito importante para toda humanidade, pois a segurança no trabalho quando implantada em uma empresa gera muitos benefícios para o empregador e para os empregados.

Postar um comentário

 
Blogger Templates