Subscribe:

Ads 468x60px

4 de julho de 2011

ESPORTE

Tangará da Serra sedia certame nacional de ciclismo olímpico neste domingo

Da Redação

De julho a setembro deste ano a temporada de ciclismo em 2011 terá o seu ponto mais alto, conforme o dirigente da Federação Mato-grossense de Ciclismo (FMTC), Manoel Lima. A cidade de Tangará da Serra terá uma competição válida pelo certame nacional, neste próximo domingo (03.07), onde cerca de 80 atletas participam do evento de ciclismo olímpico. Os atletas do Estado já finalizam os preparativos para competirem em casa e realizarem uma excelente participação. O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel), é parceiro de todos os eventos da modalidade de ciclismo.

A direção da FMTC ressalta que o objetivo é que os atletas do Mato Grosso alcancem boa colocação no ranking nacional. “Nosso objetivo é consolidarmos nossas posição entre os 10 melhores do país e entrarmos entre os cinco melhores daqui para o fim do ano”, pontua Lima.

A prova será em circuito e contará com a participação da equipe Memorial de Santos, de São Paulo. A largada acontece às 9 horas no centro da cidade. Ao todo, serão 14 categorias na disputa.

Os atletas Gabriel do Carmo, Lucas Rebeque, Sandro Espessoto, Marcelo Menezes, José Nathan, Jean Arara, Jeferson Taques, Maikon Martins, Ana Clara do Prado, Patricia Steicy, Sinicleito Canela, Railson de Arruda já confirmaram presença no campeonato de ciclismo em Tangará. Além deles, participam os representantes dos Estados do Mato Grosso do Sul, Rondônia, São Paulo e Paraná.

De acordo o dirigente da Federação Mato-grossense de Ciclismo os melhores atletas de Mato Grosso farão parte também de outras competições nas cidades de Cuiabá, Cáceres, Acorizal, Primavera do Leste, Rosário Oeste, Sinop, Sorriso e Rondonópolis.

Empresário tangaraense firmará parceria com estado para promover curso de capacitação para catadores de materiais recicláveis


FABIOLA TORMES / Redação DS
Com o objetivo de profissionalizar os catadores de materiais recicláveis, para que eles tenham um melhor rendimento em suas funções, assim como fomentar as cooperativas de catadores, que o empresário tangaraense Antônio Carlos Cabral do Amaral apresentou à secretária de Trabalho, Emprego, Cidadania e Assistência Social, Roseli Barbosa, o projeto para promover curso de capacitação para catadores de materiais recicláveis. A entrega/apresentação do projeto foi realizada na oportunidade do Fórum de Trabalho de Gestão e Serviços do Sistema Único de Assistência Social, o SUAS, realizado no último dia 17 em Tangará da Serra.

“Na ocasião da visita da primeira-dama Roseli Barbosa a Tangará da Serra, e na presença do deputado Wagner Ramos e do prefeito José Jaconias, apresentei o projeto ´Cooperar Reciclando, Reciclar Cooperando´, para que o mesmo possa ser implantado nos 141 municípios do estado de Mato Grosso”, disse Cabral, destacando que da conversa já ficou agendado para os próximos dias uma nova reunião com a secretária para análise aprofundada do mesmo.

Cabral, que é representante da associação não-governamental Compromisso Empresarial para Reciclagem (Cempre), informou que o kit didático do projeto foi criado para auxiliar na formação de associações ou cooperativas, sendo composto por um curso de capacitação para catadores de materiais recicláveis de 16 horas, um manual do instrutor com os primeiros passos para formar uma cooperativa de catadores, cartilha educativa, guia da cooperativa de catadores e DVD explicativo e ainda certificados de participação para serem entregues ao final do curso.

Esta iniciativa envolve palestras com diferentes temas como: Relações Humanas; Saúde Pública e Segurança do Catador; Reciclagem; Trabalhando no trânsito; Limpeza Pública; Cooperativismo; A Cooperativa funcionando. No kit há ainda subtemas, todos ilustrativos, relacionados ao ciclo do lixo; eu sou um trabalhador; o tamanho do desperdício; conhecer os sinais de trânsito; sinalizar as carroças; quanto mais cooperados, mais forte é a cooperativa; riscos (mecânicos, químicos, ergonômicos, físicos e biológicos); pagar um taxa para as despesas gerais; coleta e reciclagem (desde o dono do material, passando pelo catador, sucateiro, depósito e aparista, até chegar à fábrica); o que é uma sociedade cooperativa e a diferença da sociedade comercial; e princípios do cooperativismo.

O projeto “Cooperar Reciclando, Reciclar Cooperando” foi lançado em 1994 e desde esta data contribui para formação de pessoas mais conscientes em várias cidades do país e até mesmo em outros países.

0 comentários:

Postar um comentário

 
Blogger Templates