Subscribe:

Ads 468x60px

26 de setembro de 2011

Trânsito: campanhas não surtem efeito algum

Essas campanhas que se intitulam de “conscientizadora” do trânsito não surtem efeito positivo algum em Tangará da Serra. Uma simples entrega de panfletos, em hipótese alguma, resolveria a problemática do trânsito local. Precisaríamos na verdade, de ações concretas encetadas pelo governo municipal. A elevação de todas as faixas de pedestres talvez surtisse muito mais efeito prático porque incidiria diretamente no bolso de quem ousasse passar por uma delas sem diminuir a velocidade do veículo. Ou estou mentindo?

Novela do aeródromo

A novelinha do aeródromo de Tangará da Serra é mesmo uma pura gozação. Não se vê absolutamente nada evoluindo. Até parece que esse campinho para pousos e decolagens atrapalharia a vida de alguém, caso fosse efetivado. Vai entender essa trama!

Carlos Cabral

O empresário Antonio Carlos Cabral Amaral é inocente das acusações que lhe foram lançadas meses atrás pelos então inquilinos do Poder Executivo. Disso, a sociedade tangaraense nunca teve dúvidas. Dono de uma das mentes mais brilhantes dessa geração, Cabral nunca se envolveria em assuntos que viessem a desconstruir sua conquistada reputação.

Largando o osso

Meio a contragosto o prefeito interino Miguel Romanhuk (DEM), largará o “osso” neste dia 30, quando o prefeito tampão será eleito pela Câmara de Vereadores. Quanta dó! Pois não é que sob sua meteórica passagem pelo poder a “ossada” estava começando a ganhar vida!

Ônibus ruins

Dona Raquel encaminha e-mail reclamando dos ônibus coletivos que circulam pelas ruas de Tangará da Serra. Ela diz que esse sistema é vergonhoso e que o novo prefeito tampão para mostrar que respeita as pessoas mais simples da cidade, deveria intervir. Nisso concordo. Essas carroças já deveriam ter ido para o sucatão. Tangará merece coisa melhor.

San Diego

Divina Trindade Santa não dá mesmo pra entender o tamanho da ira que as autoridades municipais depositam contra os moradores do bairro San Diego. A localidade está verdadeiramente entregue ao príncipe das trevas. Resta pedir à Suprema Divindade que olhe por essa comunidade. Libertá-la da buraqueira, poeira e dos lixões em terrenos baldios já seria o suficiente. Quanto aos gestores, puna-lhes pelo crime de abandono a que submeteram esse povo!

Sorte Lançada

A pobre Tangará da Serra corre sério risco de permanecer no continuísmo histórico. Tadinha! Até parece que essa bela cidade foi edificada sobre a sepultura de um cão. Enquanto isso, maravilhosamente alguns se regozijam de tanta felicidade. É osso!

Sem sobrevivente

Acaba-se o tempo de Miguel Romanhuk na prefeitura com um fato pra ser celebrado. Não sobreviveu nenhum dos remanescentes do desgoverno passado. Caíram todos pelo caminho. O último valente, o que ocupava o posto de secretário de esportes, não resistiu à pressão e cascou fora. Em fim, Miguel encerrou seus dias no poder executivo com a façanha de estar longe dos fiéis ladeistas.

0 comentários:

Postar um comentário

 
Blogger Templates