Subscribe:

Ads 468x60px

9 de fevereiro de 2012

Agropecuária lidera demissões em Tangará da Serra

As diversas empresas e indústrias instaladas em Tangará da Serra aumentaram a quantidade de trabalhadores demitidos em dezembro. O saldo é de 216 trabalhadores dispensados a mais, resultado de aproximadamente 1 mil desligamentos para 806 admissões. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), com base nas contratações formais, ou seja, com carteiras assinadas.

A agropecuária foi o setor que mais contribuiu para o resultado negativo, terminando com a demissão de 81 profissionais a mais. Em seguida estão prestação de serviços (- 61), construção civil (- 33), comércio (-27), indústria de transformação (-12) e extrativismo mineral (-2).

O resultado negativo no período não ocorreu apenas no município.  O cenário foi semelhante em Sorriso ( -562), Alta Floresta ( -267) e em Sinop (-603), por exemplo. No Estado, foram 13,7 mil funcionários dispensados a mais no mês.

Por outro lado, Tangará terminou o ano com saldo positivo de 328 trabalhadores admitidos a mais, resultado de 13,2 mil contratações para 12,9 mil demissões entre janeiro até dezembro. No Estado, o resultado final foi de 33,6 mil empregos celetistas gerados.

0 comentários:

Postar um comentário

 
Blogger Templates