Subscribe:

Ads 468x60px

17 de fevereiro de 2012

Apoiado por Wagner, empresário tenta prefeitura como fato novo

Morador em Tangará da Serra há 34 anos, o executivo e administrador na área de mineração Rubens Jolando, da Calcário Tangará, e presidente da Apae desde 2007, surge como espécie de fato novo na lista de pré-candidatos a prefeito. Ele está filiado ao PR e tem como principal cabo eleitoral o deputado estadual Wagner Ramos, que nas pesquisas feitas no ano passado aparecia na liderança na corrida à sucessão municipal. Wagner já definiu que está fora do páreo e que vai apoiar Rubens. Ambos visitaram a sede do RDNews, em Cuiabá na semana passada.

Rubens se mostra empolgado com a possibilidade de concorrer, pela primeira vez, a um cargo eletivo. Ele defende coalizão das forças políticas locais e dos partidos. Entende que todos deveriam fazer um "pacto por Tangará da Serra", que há anos sofre por causa da instabilidade política, devido a brigas jurídicas e eleitorais que resultaram na passagem de cinco na cadeira de prefeito somente neste mandato. Ele aderiu ao PR em 29 de setembro do ano passado, incentivado por um grupo de empresários, amigos e correligionários e, especialmente, por Wagner Ramos, que prefere continuar atuando e ampliando base como representante dos municípios do Médio-Norte na Assembleia.

"Gosto do coletivo, da coisa pública", destaca Rubens, contador e com formação em ciências econômicas e que desde os anos 1970, quando morava em Barra do Bugres, está à frente da administração de grandes empresas e com foco em gestão autera e, como ele diz, "focado no futuro". O empresário e executivo da Usina Itamarati, que gera cerca de 5 mil empregos, e que também participou da fundação da Barralcool, destaca que vem dando contribuição social, especialmente como presidente da Apae, cujo mandato se encerra dia 15 deste mês. A entidade conta com 67 funcionários e 278 alunos e movimenta orçamento de R$ 1,5 milhão por ano, 25% do valor custeado pela população.

Perfil e planos

Com perfil mais técnico que político e motivado pelo que chama de "olhos para o social", Rubens Jolando acumula também a função de diretor de Comércio e Serviços da Associação Empresarial e Comercial de Tangará da Serra e evita críticas aos possíveis adversários e não entra em confronto com o prefeito Saturnino Masson (PSDB), que sinaliza para disputa à reeleição.

Diz entrar no páreo com "espírito empreendedor" e na esperança de agregar a todos. Segundo Rubens, Tangará, cidade-pólo do Médio-Norte, "é carente na área social" e entende que necessita de gestor que priorize esse setor, que seja estrategista para buscar investimentos e que atue com austeridade para controlar os gastos públicos.

O deputado Wagner rasga elogios a Rubens. Diz que o amigo de legenda "tem perfil ideal para ser o próximo prefeito porque é simples, carismático, possui credibilidade, é culto e não quer briga com ninguém e busca unificar o município". Embora ensaie candidatura própria, o PR é da base do prefeito Saturnino e acredita que o tucano deva apoiar o nome de Rubens. Wagner Ramos aposta numa ampla aliança e observa que, curiosamente, a legenda republicana está integrada à coligação que apóia a presidente Dilma Rousseff, o PMDB do governador Silval Barbosa e o PSDB do prefeito Saturnino. "Podemos ter alianças com qualquer partido", avalia o parlamentar. Fonte: RDNews

0 comentários:

Postar um comentário

 
Blogger Templates