Subscribe:

Ads 468x60px

17 de fevereiro de 2012

Coluna: Tangará-Brasília


Quem não se lembra da então ministra Dilma Rousseff respondendo ao senador Agripino Maia, no senado, que quis mostrá-la como alguém não confiável, por ter a mesma afirmado que mentiu sob tortura? Dilma respondeu: “a mentira, nem sempre é maléfica, alías em muitos casos ela é uma virtude e sinal não de covardia, mas de coragem.”


Agora não estamos falando mais em mentir sob tortura, mas, mentir para seu eleitorado, para o povo, ou será que ela continuaria dizendo que a mentira, nesse caso, também é uma virtude, quando disse que não iria fazer privatizações, que respeitaria a liberdade de imprensa, e a não repressão a grevistas e alianças com partidos espúrios?


O PT comemorou seus 32 anos colidindo com alguns dogmas que o marcaram como um partido de massa. O PT privatizou, desceu o cacete nos grevistas e continua fazendo alianças com partidos que representam o que há de pior no “centro-direita”.



Como sempre os petralhas renegaram privatizações para as concessões à iniciativa privada dos aeroportos de Guarulhos, Brasília e Viracopos. E tiveram a cara de pau profissional de classificar a repressão vigorosa, coordenada pelo governador petista Jaques Wagner e por Dilma, à greve da polícia militar da Bahia. O feio mesmo foi à falta de explicações para a aliança com o PSD de Gilberto Kassab, em SP, em benefício da candidatura de Fernando Haddad patrocinada por Lula.



O companheiro de armas de Dilma durante a ditadura, o mensaleiro José Genoíno admitiu que o PT amadureceu e disse: “a paisagem da janela que se vê da oposição é diferente da que se vê quando está no governo”... bonitinho, mas ordinário!

Silval é dono de 73 veículos de comunicação

Ex-prefeito, ex-deputado estadual e governador desde 2010, Silval Barbosa já é considerado um dos maiores empresários da comunicação do Estado, assim como Dorileo, do Grupo Gazeta; Ueze Zahran, do Grupo Zahran; Luiz Carlos Beccari, do Grupo Cidade Verde; e Roberto Dorner, do Grupo Dorner. O peemedebista é dono de nada menos que 73 veículos, entre rádios e emissoras de TV, especialmente nas regiões Norte e Médio-Norte. Nem todos estão em nome de Silval. A sociedade é dividida com membros da família e com alguns políticos locais.
Parte superior do formulário


Silval Barbosa já avisou aos pré-candidatos a prefeito do PMDB que não vai liberar um centavo para a campanha eleitoral. O governador deixou claro que cada candidato do partido e também aliados de outras legendas precisam se virar para buscar estrutura logística e financeira.
O máximo que o governador fará, e isso se ele entender conveniente, será subir no palanque.
O pequeno município de Santo Afonso, no interior de Mato Grosso, está há cinco anos sem registrar um só homicídio. De acordo com o prefeito Sílvio Souto (PSD), os mais de três mil habitantes de seu município nem mesmo se lembram o nome da última pessoa que teria sido assassinada. Por outro lado, o consumo de drogas parece começar a perturbar as autoridades.

A Câmara dos Deputados espera apreciar em Plenário o novo Código de Processo Civil (CPC) até o início de março. O novo texto foi aprovado no Senado e recebeu na Câmara 900 emendas, além de centenas de contribuições feitas pela internet por cidadãos em geral.
Geração de inválidos
A violência no trânsito, sobretudo em duas rodas, vem formando uma geração de jovens aposentados por invalidez. Entre os anos de 2005 e 2010, os acidentes de trânsito mais do que triplicaram, subindo de 31 mil para 152 mil por ano; e as motos são responsáveis por mais de 70% deles. Os casos de invalidez permanente envolvem principalmente vítimas em plena idade economicamente ativa (entre 18 e 44 anos).
Os políticos desmoralizaram a política com um objetivo central. Qual objetivo? Fazer com que as pessoas de bem tenham vergonha de fazer política, embora a vida partidária seja um direito constitucional assegurado a todos os cidadãos.  O que os maus políticos querem, no fundo, é reserva de mercado para que continuem comandando o show de maracutaias que vêm realizando há anos. Não querem que ninguém ético atrapalhe os planos deles.

Tangará da Serra permanece isolada geográfica e politicamente. Os destinos da cidade não estão bem claros. E isso tem evitado até mesmo que a classe política "superior" olhe para nossa terra e nossa gente. Não sabemos como esse chegará ao fim.
Depois de causar enorme repercussão negativa a notícia de que Tangará da Serra não será rota da Copa de 2014, a classe política dominante, envergonhada de sua tamanha incompetência, tenta a todo custo passar para a sociedade que o município ainda poderá ser incluso na lista do Ministério do Turismo. É pura Balela. Conversa prá boi dormir.  Tangará da Serra está fora. Não será rota turística nem aqui nem na China. Parabéns, seus incompetentes!

Em nome do sossego                         
É proibido o uso do intolerável paredão de som em ruas, praças e ambientes de acesso popular em várias cidades brasileiras. A lei que estabelece limites e sanções aos infratores, diz que quem for flagrado praticando o delito tem seus equipamentos apreendidos e ainda pagará multa de 300 vezes o valor da Unidade Fiscal de Referência do (UFIR). A lei do sossego das pessoas é uma realidade, embora poucos a respeite.

0 comentários:

Postar um comentário

 
Blogger Templates