Subscribe:

Ads 468x60px

31 de março de 2014

Bezerra e Teté não pagam empréstimo de R$ 6 milhões; juiz manda penhorar fazenda e bloquear contas

Tetê e Carlos Bezerra
O deputado federal Carlos Bezerra (PMDB), juntamente com sua esposa, a deputada estadual Tetê Bezerra (PMDB), tiveram a fazenda Agropecuária São Carlos, localizada na cidade de Paranatinga, penhorada pela Justiça. O casal também teve suas contas bancárias bloqueadas, até que saldem uma dívida no valor de cerca de R$ 6 milhões, contraída em 2010 com o engenheiro civil Pedro Luiz Araujo Filho. A decisão é do juiz da 20ª Vara Cível de Cuiabá, José Arimatea Neves Costa.

O Olhar Jurídico apurou que o valor bloqueado é a referente a parte que não foi quitada de um empréstimo no valor de R$ 7 milhões. Bezerra e Teré pagaram R$ 2 milhões da dívida, mas relutaram em não quitar o restante do empréstimo, fato que motivou a ação de execução.

O valor da execução chegou a R$ 6,093 devido aos juros e multas que foram acrescidos. Conforme a decisão que o site teve acesso, Bezerra e Teté, confessaram a dívida no valor de R$ 7 milhões, por meio de notas promissórias. O empréstimop deveria ser pago em sete de R$ 1 milhão, no entanto, apenas duas promissórias foram quitadas.

A folha seis, da decisão que contém 53 laudas, revela que a terceira parcela venceu em 15 de dezembro do ano passado. "Esgotadas as tentativas de conciliação restou ao Exequente, como única solução viável, recorrer ao Poder Judiciário para pleitear a prestação jurisdicional adequada", diz trecho da decisão.

O advogado Murilo Castro de Melo, que representa o engenheiro, questionado pela reportagem, preferiu não comentar sobre a origem da dívida, mas confirmou que o valor foi levantado durante época de campanha política.

Outro lado

O deputado Carlos Bezerra declarou a reportagem que não existe nenhuma dívida com Pedro Luiz. De acordo com o deputado, engenheiro é um agiota e o estaria extorquindo. O parlamentar sustentou ainda que tudo será comprovado nos autos do processo.

Atualizada às 19h30 - Katiana Pereira e Arthur Santos da Silva

0 comentários:

Postar um comentário

 
Blogger Templates